20 de fev de 2009

As cores da alegria


Tanto me resta em forças, em vida, em luz.
A sede aumenta nos momentos em que me percebo trancada,
com aquela sensação de afogamento no meio do mar.
Ressurge de mim algo que transcende ao ser que teima no isolamento
Insisto nas cores vibrantes da alegria.
Não há revolta em meu grito que ensurdece os animados à volta.
As lágrimas acontecem na risada mais forte do que pensei,
Por dentro sou uma rainha que renasceu da mendicância.
Numa aparência rósea que surgiu do clarão que a escuridão deixou.
A esperança é minha fiel companheira, não fujo do ânimo da felicidade -
Abro-lhe a porta e sirvo o delicioso vinho.
O cansaço só me acomete quando muitos passos de danças são dados
Sensação boa de ser completa, de nada dever a si.
O tempo aliado passa vagarosamente, como se me dizendo: Viva!
O vento sopra aos meus ouvidos sonoras palavras
Miro no espelho o retrato de alguém que nasceu, renasceu talvez.
Não há tempo mais para o fracasso, não temo a solidão.
O dia amanhece o destino aponta para a direção certa.
Caminho por ela sem queixa, sem mágoas, com sorriso apenas.

Extremos da Paixão

"... Não compreendo como querer o outro possa tornar-se mais forte do que querer a si próprio. Não compreendo como querer o outro possa pintar como saída de nossa solidão fatal. Mentira: compreendo, sim. Mesmo consciente de que nasci sozinho do útero de minha mãe, berrando de pavor para o mundo insano, e que embarcarei sozinho num caixão rumo a sei lá o quê, além do pó. O que ou quem cruzo esses dois portos gelados da solidão é vera viagem: véu de maya, ilusão, passatempo. E exigimos o eterno do perecível, loucos".
Caio F. Abreu

6 comentários:

Pena disse...

Oh, Brilhante Amiga:
Este cores da alegria, fascina!
Um texto soberbo de encanto em tempo de Carnaval. Delicioso. Lindo. Com uma atitude de ouro mágica, fabulosa.
Concebido com uma sensibilidade de Arte prosa/poética fabulosa. Sensatez nas ideias gigante.
Fiquei com uma sensação de uma beleza e pureza imensas feitas para maravilhar.
Perfeita atitude numa pessoa perfeita. VOCÊ!
Beijinhos de uma ímpar amizade que a estima e a respeita.
Sempre a admirá-la e a considerá-la
Espectacular. Notável. Sublime...!
O AMIGO

Pena

OBRIGADO pela sua imensa amizade.
Bem-Haja, amiguinha! Vale imenso.
Um excelente Carnaval. Divirta-se. Merece por completo.

Zé Carlos disse...

Nilza querida
Estou feliz em ver seu Blog num crescendo !!!
Vc é muito querida menina.
Beijão do ZC

PS: Esta foto do Perfil está muito linda!!!!!!!

Alma Nua disse...

...é carnaval.
há uma mistura de sonhos,
desejos, ilusões,
desilusões, encontros,
desencontros, e em tudo
a esperança de que tudo
seja apenas passageiro.

é carnaval...

obrigada pelo carinho
lá no meu canto.

bjus, linda!

Daniel Savio disse...

Vim retribuir a visita senhorita M. Nilza, sendo que prometo que sempre vou voltar aqui, está bem?

Parece até que descreveu a vida e suas nuances...

Fique com Deus, menina.
Um abraço.

Menina do Rio disse...

Vibrante!

Se bem me lembro, tinhas um outro blog "Do Avesso"...
Bom saber-te de volta!

Tem um ótimo carnaval, querida

Beijinhos e tudo de bom

Jaqueline Sales disse...

Voltou com a sensibilidade ainda mais apurada, Nilza, algo digno de quem encontrou ainda mais respostas e perguntas.

Vou ataualizar o link, amiga. Fico muito feliz de que tenha retornado, pois fez muita falta.

BeijUivooooooooooooooossssssss da Loba