30 de ago de 2009

Consumo Consciente - Carinhos e Selos


Resolvi participar desse movimento, mesmo sabendo que estou longe de ser um exemplo do consumidor que o mundo precisa e espera de todos. É uma proposta da Cybelle e achei importante registrar aqui também.

O consumismo é um ato milenar, isso é fato. Mas, à medida que o crescimento voltado para um desenvolvimento nem sempre ordenado aconteça, torna-se motivo de preocupação, principalmente, para o futuro nem tão longínquo da humanidade.

Consumir com responsabilidade é que penso ser o consumo consciente. É consumir levando em consideração os impactos provocados por este consumo. Nós - os consumidores - podemos, por meio de nossas escolhas, maximizarmos os impactos positivos e minimizar os negativos dos nossos atos de consumo, nossos hábitos e costumes, desta forma contribuir, ainda que minimamente, para um mundo melhor.

O consumidor consciente busca o equilíbrio entre a sua satisfação pessoal e a sustentabilidade do planeta, lembrando que a essa palavrinha que se torna tão conhecida por nós, implica em um modelo ambientalmente correto, socialmente justo e economicamente viável. Devemos refletir a respeito de cada ato de consumo e como ele irá repercutir em todos os âmbitos que nos envolvem e também sobre as relações sociais, a economia e a natureza. Pequenos gestos de consumo podem promover grandes transformações no planeta que é nosso.

Essa pratica de consumo consciente advém de um ato de liberdade de escolha, em que o ator principal somos - nós mesmos.





SELOS E CARINHOS QUE RECEBI DA JACQUE E DA ANGELA




Interessante esses selinhos, além de bem simpaticos


Blog Dourado - porque eu seria um deles? Fica com gostinho de medalha de ouro ...Amei!!

Eu adoro teu Blog - Isso é mais que um elogio, alguém dizer que adora ler o que vc escreve e comentar depois, seguindo por um premio - é algo muito gostoso!!!

Este Blog Acerta em Cheio - eu diria que acertar já é algo bom demais, em cheio então... sem palavras. Obrigada Angela, se mereci não sei, mas gostei muito.


Agora o mais difícil, indicar 7 blogues aos premios acima. Aff tenho dificuldades de fazer isso, porque fico tão feliz quando recebo que gostaria de entregar a todos, mas para que a corrente não seja quebrada, indicarei alguns e os demais saibam que são merecedores também! Ihhh dei uma puxada legal ne? Enfim..são:

4- Desnuda da SAM
5 - Alma Tua do Rangel


E ainda este que é muito fofo que ganhei da Jacque

acho que agora estou realmente protegida!! Obrigada Jacque!



29 de ago de 2009


Amanheci querendo colo. Verdade, eu quero colo.
Preciso urgentemente de alguém que me considere carente
Alguém que perceba que debaixo dessa mulher travestida de super
Existe uma pessoinha muitas vezes frágil.

Quero colo por não conseguir ver além do que meus olhos vêem.
Desejo colo para somar forças e obter resultados mais relevantes
Invejo o colo daquela pessoa que turbina pensamentos
E faz acontecer algo brilhante e forte.
Tenho sede de colo onde descansa a esperança e
Acorda nos braços da tão desejada justiça dos homens.
Por isso, eu quero colo.

28 de ago de 2009

Eterno



Impossível não recordar de ti, se ainda vivo.
A eternidade será palco de tua presença
Circulas meu sangue, navegas meu ser.
Penetras ardente na luz dos meus olhos.
Para sempre serás o princípio.
A primeira sensação.
A lembrança viva
O anjo que paira em minha escuridão.

Guardo-te ainda que a inverdade grite.
Assim, a esperança acalma a tristeza
que adormece e acalenta minh’alma.

26 de ago de 2009



Sonho com o momento
Em que ditarei para ti,
Todas as palavras que
me correm na mente.
Sentimentos que me
arrebentam o peito
Uma paixão sem medida.
Do tamanho e forma exatos
especialmente para ti
Que estes versos
consigam dizer-te
O quanto te amo e
Te quero ter.

23 de ago de 2009

Momentos, crianças e Brasil




Parabéns aos brasileiros que apesar de tudo e toda dor ainda arrumam força extraordinária para a alegria, ajuda, solidariedade, amor ao próximo, união, canto e dança.

Críticas e ideologismos à parte, parabéns a este homem que toma a iniciativa de um projeto deste porte. Criança Esperança é hoje a meu ver, um dos maiores projetos populares do Brasil.

Campanha Criança Esperança estimulou a sociedade a discutir sobre a situação das crianças e jovens brasileiros. Ao divulgar a Declaração Universal dos Direitos da Criança, a campanha contribuiu para a inclusão do artigo 227 na Constituição Federal de 1988, que garante os direitos das crianças brasileiras. Dois anos depois, este artigo deu origem ao Estatuto da Criança e do Adolescente.


“Criança Esperança é uma das mais bem sucedidas marcas relacionadas a programas sociais dirigidos às crianças carentes em todo o mundo. Realizado anualmente como um programa televisivo sendo exibido pela Rede Globo de Televisão, é também reconhecido pela Unesco como "modelo".

Destaque para o momento de Milton Nascimento - veja o vídeo ao lado.

"Criança de olhos perdidos
Na imensidão deste mundo
Pensamentos não contidos
Nem pela infinidade de um segundo

Saberia ela amar com a inocência perdida
Não fosse este mar uma angústia incontida
Soltos os estes sentires ainda não aprendidos
Nas nuvens de fugidios sonhos já esquecidos

Chora esta criança no desnorte
Das vagas intemporais do pronuncio da morte
Lágrimas de espuma branca perdidas na areia
Daqueles que sucumbiram ao canto da sereia

Raia o sol no horizonte nas pupilas do olhar
Paz ...bonança se adivinha vinda daquele mar
Onde a brisa te toca em suaves vagas desnudas
Num assobiar pianinho de alternadas notas mudas

Alento surge do vazio...
Onde tudo é nada...tudo é frio
Aqueço-me no sopro de vida daquela criança
A quem o mundo chama fé... e eu chamo de esperança!!!


Beijos e Abraços
Das Chamas do Fénix"

21 de ago de 2009

Irreal


Há algo sobre você que eu nunca disse:
Eu lhe quero de uma forma irreal
Possivelmente, por ser você assim.
Criei uma imagem onde batia um coração
Nela brilhavam os olhos da esperança
Braços que me enlaçavam com ternura
e o encanto que em poucas pessoas senti.

Há algo sobre mim que eu ainda não disse:
Essa criação já faz parte de mim
Assim como o ar e meus olhos
As pernas que fazem passos largos
Numa busca incansável.
Assim como meu coração que sangra
Numa resoluta missão de fazer com que exista
Você.

18 de ago de 2009

Continuarei




Eu te amo em todos os versos
Quando acordo, antes de me perceber
para ver o sol nascer.
Este mesmo sol que é símbolo
Dessa esperança que não esmorece.

Eu te amo ainda que o sol não apareça
e ter a leve impressão
de que não nascerá mais, pois fora tomado
pelas chuvas de pensamentos tristes e vãos.

Eu te amo em todos os lugares.
na rua, na cama ou longe dela.
Continuarei te amando
Mesmo na tristeza de tua ausência.

Eu te amo no fundo da dor
Na alegria do beijo molhado
Nas marolas do mar que vem e vão.
Continuarei a te amar ainda que tudo diga
Não.



16 de ago de 2009

recomendo a leitura do blog Meu Mundo



Imagem histopatológica de agregados da proteína beta-amilóide observados no córtex cerebral de um paciente com a doença de Alzheimer. Sombreamento metálico.







"A cada 1 minuto de tristeza perdemos a
oportunidade de sermos felizes por 60 segundos".
leiam o texto AQUI

11 de ago de 2009

Poesia


A poesia é tal como a lâmina que nos fere
e nos deixa uma cicatriz eterna na alma
Às vezes ela se camufla e se torna inofensiva
forte como a oração que acalma.
A poesia se enlaça e desenlaça
Com a paciência e o ritmo de uma oração.
A poesia se esconde num fantasma
Aqui e ali descansa em nosso olhar
Às vezes nos assombra, outras alegra
muitas nos afasta da estupidez
dentro de nós vaga do lado de fora
Querendo encontrar a cor que ela
– a poesia – tem.

10 de ago de 2009

"Conte aos amigos a sua comemoração marcante"


Muitas comemorações se passaram em meus poucos e muito bem vividos anos! Contar uma seria até menosprezo com as demais, mas escolhi e vou contar. Permito-me não contar o ano em que aconteceu – por questões proibidas para menores... rssss.

Era meu aniversário e eu apesar de não ser mais uma menininha, estava com a saúde e uma vitalidade num grau impressionante. Verdade. Acho que quando começamos a entender as reações e sensações por um prisma mais suave, mais alegre e um pouco sem conseqüência, a vida parece que entende e fica assim também.

Acho que todos passam por estes momentos o que nos diferenciam são as formas e conceitos que cada um faz de seus atos, a preocupação com o certo e errado e, principalmente, o que os outros vão falar!!!

Porém, aquela pessoa que se apoderara de mim naquela etapa de minha vida, não estava dentro destes padrões e foi à luta! Ser feliz ainda que por alguns segundos era o lema e fim.

Naquele dia eu acordara muito agitada e excitada, feliz da vida por saber que algo diferente poderia acontecer. Procurei a roupa que eu deveria sair afinal eu iria trabalhar e a festinha seria depois, escolhi cuidadosamente cada peça que usaria, caprichei na maquiagem – sem vulgaridade – cabelos feitos e uma roupa sensual – isso era fundamental.

Cheguei ao trabalho todos comentaram e me felicitaram pelo dia. Mas, a ansiedade continuava em função da noite e do lugar que iríamos. Depois de um bolinho com refrigerante no trabalho – o que era costume dessa turma tão animada - partimos para a Boate.

Era tudo muito colorido e naquele dia estava ainda mais aconchegante, certamente já existia alguém que me olhava de maneira longe de um olhar com intenções de amigo somente, e eu, embora pareça saidinha, não sou. Timidamente retribuía os olhares com sorrisos e fingindo nada perceber comecei a dança logo, pois é uma das coisas de que mais gosto de fazer é DANÇAR.

Pouco tempo depois todos já estavam na pista ajudados é lógico pelas bebidas que cada um escolhia para si. O som era muito bom a escolha das músicas perfeita para se dançar em grupo, até que começou a parte romântica, suave e tentadora da noite. Ele logo se aproximou e não deixando brechas para outro me puxou para uma dança inesquecível. Dançávamos como se somente nós dois existíssemos naquele lugar. Não aconteciam carícias, beijos, não era necessário, apenas o abraço e calor de nossos corpos serviam para fazer-nos felizes e muito envolventes naquela noite.

Nem um pouco apimentada a noite, mas de um carinho e doçura tal que jamais esqueci.


Blogagem sugerida pelo Olavo

9 de ago de 2009

Aos diversos e muitos pais - Parabéns !

Quatro gerações de papais



"Pai em nova versão"

FOI-SE O TEMPO EM QUE O HOMEM TRAZIA O DINHEIRO E A MULHER CUIDAVA DA CASA. OS PAIS DE HOJE ESTÃO MAIS “FAMÍLIA” E DISPOSTOS A AJUDAR"

"Eles estão mais presentes em casa e até mais dispostos a ajudar nas tarefas domésticas."

"Luís Pimentel aprendeu com o filho que a vida tem um curso e que ser pai, às vezes, é deixar o filho tocar o barco sozinho"

FAMÍLIA NÃO É DEMOCRACIA, E O PAI PRECISA AJUDAR A MÃE A IMPOR AS NORMAS DA CASA, SIM!

O PAI VÊ POUCO OS FILHOS E, DURANTE O TEMPO EM QUE ESTÃO JUNTOS, QUER PASSAR UMA IMAGEM AMÁVEL. OU SEJA: O PAI DA NOVA GERAÇÃO ESTÁ ADORANDO SER UM POUCO “MÃE” E NÃO QUER MUITO MAIS SABER DA FUNÇÃO PATERNA – AQUELA ANTIPÁTICA, MAS FUNDAMENTAL, DE ESTABELECER LIMITE E TAL. E AÍ, SOBRA TUDO PARA A MÃE, QUE FICA SENDO MEIO QUE A MEGERA, AINDA POR CIMA DESAUTORIZADA PELO PAI BACANA...


“Olha a vaca, pai!

O escritor Ilan Brenman lança um olhar sobre o universo das crianças e fala como os filhos são capazes de mostrar um lado da vida que nem sempre os adultos conseguem enxergar. Há alguns anos, minha filha Lis estava dentro de um carrinho de supermercado, e passeávamos pelos corredores do estabelecimento. Ela, com seus quase 2 anos, não parava de apontar e falar sobre tudo que via, enquanto eu pensava em tudo que tinha de comprar. Quando chegamos na parte das carnes, Lis me disse: “Olha a vaca, pai!”
Fiquei uns dois minutos procurando a tal vaca, olhei para as picanhas, maminhas, lagartos etc. Pensei na hora: será que alguém ensinou à Lis que a vaca vira carne? Isso seria muito avançado para idade dela, se bem que todo pai ou mãe acha que seu rebento é a encarnação de Einstein.

Fiquei encafifado com o comentário da Lis. curioso que sou da infância, perguntei: Filhota, cadê a vaca?. Ela sorriu e apontou pra cima. Eu não podia acreditar: em cima da estante das carnes havia uma vaca imensa de papel machê. Na hora puxei um funcionário do local e perguntei: Há quanto tempo essa vaca está aí?. Ele me olhou com cara de “de onde saiu esse louco”, mas respondeu: “Há muitos anos, desde que abriu o supermercado”.

Fiquei uns bons cinco minutos olhando a vaca com a Lis no colo. Eu frequento esse mesmo estabelecimento havia muitos anos e NUNCA TINHA VISTO A FAMIGERADA VACA! Perguntei para outros adultos próximos a mim, vizinhos e familiares que também conhecem o local, se eles haviam reparado na vaca, todos disseram que não. E tal experiência provocou em mim uma reflexão profunda sobre a infância e a educação.”
Ilan Brenman, pai de Lis e Iris, é mestre e Doutor em Educação e já escreveu mais de 20 livros infantis. Mas, quando criança,queria ser bombeiro ou astronauta.

www.ilan.com.br



As tuas mãos tem grossas veias como cordas azuis
sobre um fundo de manchas já cor de terra— como são belas as tuas mãos —
pelo quanto lidaram, acariciaram ou fremiramna nobre cólera dos justos...
Porque há nas tuas mãos, meu velho pai,
essa beleza que se chama simplesmente vida.
E, ao entardecer, quando elas repousamnos braços da tua cadeira predileta,
uma luz parece vir de dentro delas...
Virá dessa chama que pouco a pouco, longamente,
vieste alimentando na terrível solidão do mundo,
como quem junta uns gravetos e tenta acendê-los contra o vento?
Ah, Como os fizeste arder, fulgir,
com o milagre das tuas mãos.
E é, ainda, a vidaque transfigura das tuas mãos nodosas...
essa chama de vida — que transcende a própria vida...
e que os Anjos, um dia, chamarão de alma...
(Mario Quintana)



7 de ago de 2009

Feliz Aniversário Meu Amor !


Hoje acordei com uma imensa vontade
de dizer o quanto te amo
Beber vinho até de madrugada.
Voltar para casa com a sensação de ser
a pessoa mais feliz do mundo
Hoje, pude sentir que mesmo com lágrimas,
ainda sou feliz. Porque tenho você.
Hoje, consigo ser eu mesma,
com tudo que me foi dado em direito
Posso correr, sorrir, cantar e me olhar no espelho.
Sou feliz porque você existe.

Felicidades minha menina querida.

5 de ago de 2009

Ainda sobre as Cartas - mas de amizade

Fugindo um pouco do foco deste espaço que divido com vocês, a felicidade não permitiu que eu guardasse palavras tão carinhosas, apenas para mim. Uma amizade que eu cultivo há 25 anos ( Bodas de Prata para nossa amizade)

"MNB, minha Nilzoca,

Andei pensando, recentemente, em "coisas" da minha vida, em pessoas da minha vida, em lugares da minha vida e pude perceber que - nas melhores dessas lembranças - Vc estava sempre presente, muito linda, muito elegante, muito amiga e muito especial!

Embora nossos contatos, atualmente, não sejam muito freqüentes, isso não faz a menor diferença, pois são nossos corações - ligados para sempre pelos laços da amizade - que se unem e se unirão eternamente, nessa comunhão de almas que se conhecem desde sempre, através das nossas vidas.

É uma pena que eu, na minha pequenez assumida, nunca tenha podido corresponder à altura o seu apoio, a sua dedicação e o seu abraço reconfortante, oferecido na hora certa.

Mas sei reconhecer que, se hoje tenho a segurança do emprego na INFRAERO, devo-a a Você, meu robozinho, além de tantas outras coisas, diluídas no tempo. Deus a proteja e a todos que participam do seu círculo de pessoas queridas.

Desculpe, se não escrevi tudo o que queria, deveria e precisava (nem da forma como desejava!), mas só tenho computador no trabalho e esta turma, que está aqui, hoje, é barulhenta e inconveniente, e toda a hora interrompe por bobagens, me atrapalhando e cortando a linha de raciocínio.

Muitos, muitos beijos da sua amiga e irmã."
Maria Alice CR Teixeira
---------------------------------------------------
Resposta:
Obrigada amiga, sem palavras - apenas umas lágrimas de felicidade por ter dentre meus amigos pessoas como vc.
Beijos da amiga muito mais que irmã


2 de ago de 2009

Uma Carta de Amor - Blogagem Coletiva


Tantas vezes eu ardia em pedidos e num apelo dizia: vem comigo imaginar que se desprenderão todas as fases da lua e movimentos rotativos de que precisamos até que um ciclo inteiro se cumpra!
Vem, vamos falar de intimidades ao se refletirem em nossos olhos o corpo do outro!
Vem, deixemos que eles falem o que as palavras não sabem!
Vem, fale ao meu ouvido palavras que nos sintonizam e buscam no âmago desse sentir o desejo que faz disparar todos os movimentos dos corpos frenéticos!
Vem, lê comigo os poemas como quem compartilha o vinho mais saboroso. Deixemos que a embriagues nos sacie a sede desse querer que só faz crescer!
Vem, antes que aconteça a tempestade trazendo um raio e interrompa as possibilidades que ainda exista.
Reiniciemos a vida. Avistemos o mundo todo do alto de um morro. Sintamos a brisa q
ue procede do mar de montanhas. Decifremos os segredos que a tarde ondula. Alinhemos em cada contorno do tom invisível que esconde esse amor que desperta a cada amanhecer. Vem, faça habitação entre as pequenas ondas que espreitam meus seios e abrigam esse amor travesso no meu coração.




Descobri este blog e achei bem interessante a proposta de reunir
outros blogs em temas mensais. Estou participando. participe você também!