30 de dez de 2009



A transformação é a mola mestra quando se
faz aquilo de que se gosta.
As mudanças são necessárias para galgarmos
o degrau tão almejado.
A humildade é a professora para
a efetivação de desejos.
A capacidade chega quando unimos
estes elementos e acrescentamos

uma pitada de amor –
daí a grande realização surge como magia.

O valor que designamos para cada
ação ou reação faz do resultado
uma grande preciosidade.
Nem sempre somos capazes de dar um passo
atrás ao percebermos o quanto jogamos fora
as pedrinhas que julgamos inúteis,
quando na verdade são luz que sinalizam
que devemos ter atenção...

Cuidemos de nossos minutos como pedras brutas,
que haverão de serem polidas
a fim de desenhar os caminhos múltiplos
onde os nossos pés e os de
nossos semelhantes irão passar.

Que o ano de 2010 seja motivo

de um Novo Tempo.

28 de dez de 2009


Faço versos, tento rimar, confesso.
Em linhas que se refletem de mim
Meu coração flutua a cada dia
Em momentos únicos
que surgem de ti.
És assim como colo macio
Que me firma como mulher
Como criança em teus braços a sorrir
Na insistência de querer-te alegre
Que escondes nesse sorriso lindo e triste
Em teus olhos percebo o homem
Pé no chão e coração na lua.
Sigo minha intuição:
Infantil, pura e juvenil
Debruço na maturidade
e danço por querer
O melhor que há em mim
Pra ti.

27 de dez de 2009

O NASCIMENTO DE JESUS, UM CORDEL SOBRE O NATAL


(Literatura de cordel é um tipo de poesia popular, originalmente oral, e depois impressa em folhetos rústicos ou outra qualidade de papel, expostos para venda pendurados em cordas ou cordéis, o que deu origem ao nome que vem lá de Portugal, que tinha a tradição de pendurar folhetos em barbantes. No Nordeste do Brasil, herdamos o nome (embora o povo chame esta manifestação de folheto), mas a tradição do barbante não perpetuou. Ou seja, o folheto brasileiro poderia ou não estar exposto em barbantes. São escritos em forma rimada e alguns poemas são ilustrados com xilogravuras, o mesmo estilo de gravura usado nas capas. As estrofes mais comuns são as de dez, oito ou seis versos. Os autores, ou cordelistas, recitam esses versos de forma melodiosa e cadenciada, acompanhados de viola, como também fazem leituras ou declamações muito empolgadas e animadas para conquistar os possíveis compradores.)

Recebi da Ester.


26 de dez de 2009

Você é ou pensa que é?


Quando você pensa que é, apenas se inicia
o seu encontro consigo mesma
Refiro-me a ser uma pessoa maior que aquela menina
de cabelos encaracolados
Aquela que jogava bolinhas de gude
com os meninos e ao mesmo tempo
Brincava com sua única e querida boneca de louça.
Quando você pensa que sabe o suficiente,
Vem uma avalanche de informações
Bem mais atualizada do que
essa imaginada por como definitiva
Provando que você poderá ser reprovada
no teste de tudo que aprendeu.
Quando você pensa que esse mesmo teste lhe mostrou
o quanto você estava enganada e o sábio mesmo
é o começar de novo, fazendo às pazes com a humildade
dando os braços à sabedoria dos mais velhos.
Abraçando-se com a fé que estava guardada em você
E que há muito tempo você sequer sabia existir.
Relembrando-se de que somente Deus tem o poder
Que você é a simples mortal,
Viva! Porque ele assim determinou.

25 de dez de 2009

Os números




O Natal está indo. Mais um ano que paramos a vida dos cristãos para saudar o nascimento daquele que foi e será sempre a redenção da humanidade.

Aguardemos agora, a chegada do brinde e saudações de um Ano Novo de número 2010 que somados resultam no número 3. Acreditando ou não em numerologia. Dizem que eles disciplinam o tempo, fazendo com que a vida diária se torne mais produtiva.
Somos movidos por números e foi Pitágoras, um ser iluminado, pesquisador, filósofo, músico e astrônomo, que revelou aos iniciados, o real valor das letras e dos sons correspondentes. Ele estudou com líderes espirituais da Índia, Egito, Pérsia e de vários lugares por onde viajou durante sua juventude, recebendo todos os ensinamentos que em seguida foram repassados aos seus discípulos selecionados com rigor e critério.

Segundo os estudiosos na área, meu perfil se apresenta assim:

LIÇÃO DE VIDA
6.
Deve aprender a servir com amor, com alegria e com eficiência dentro do lar e na comunidade. Desenvolva a compaixão e compreensão, confortando aqueles que serão atraídos para você na busca de uma orientação ou conselho. Você está entre aqueles que servem, ensinam e trazem conforto à humanidade, equilibrando situações conflitantes. Evite ser teimoso, dominador, possessivo, não imponha suas idéias ou ideais aos outros. Respeite os limites de cada um.

MINHA ALMA
1.
Sujeito inovador, pioneiro, criativo, original, auto-suficiente, qualidades de liderança, quer dirigir grandes negócios, gosta de ser o melhor entre os melhores. Honesto, leal, forte desejo de independência em suas escolhas e ações. Falta-lhe às vezes diplomacia tornando-o refratário ao ouvir as opiniões de outros.

APARÊNCIA
6.

É visto como amoroso e atencioso, preocupado com todos, principalmente com a família e amigos. Inspira confiança, demonstra preocupação em manter tudo em ordem, aconchegante e acolhedor. É amante do lar e do belo. Excelente anfitrião. Por ser ótimo conselheiro, é sempre requisitado.
Dica: Evitar excesso de peso.

O QUE EU SOU
7.
Introspectivo, adquire conhecimentos pela vivência, gosta do silêncio, possui sua própria filosofia de vida, é sensível e observador. Gosta de estudar e com certa frequência faz exercícios de auto-análise, sempre buscando enriquecer seu lado místico e espiritual, desenvolvendo sua intuição e sabedoria. Procura crescer através da espiritualidade fazendo bom uso desses conhecimentos. Sempre haverá alguém ao seu lado procurando encontrar orientação na busca pela compreensão do sentido da vida, se beneficiando de seus ensinamentos. Seu modo de viver é de acordo com as verdades que descobre e não com os padrões pré-estabelecidos. Cuidado para não ficar introspectivo demais, afastando as pessoas de seu convívio. Estar só é bom, as vezes necessário, mas não perca o contato com a realidade. Não seja cético ou sonhador demais. Atrás de uma aparência tristonha e distante existe um coração carente, escondendo profundas paixões. Variações de humor.

DESEJO INSTINTIVO
A
Interesse por idéias novas gosta de mostrar criatividade. Prazer em sentir-se diferente e defender seu ponto de vista mesmo que o mundo inteiro esteja contra. Não gosta de sentir-se dirigido e tem tendências a aceitar conselhos somente quando coincidirem com aquilo que acredita.
Conselho: Seja bem sutil e discreta ao impor suas vontades.

PODER
4.
Sua tenacidade de propósito, mais o fato de ser bondosa, metódica e honesta ajudará a fortalecer seu alicerce para o sucesso. Pode ser obrigada a batalhar pelo seu objetivo, mas a recompensa valerá à pena.


Ano Pessoal - 2010


7
Ano de crescimento interior e reflexão. Haverá um maior interesse por psicologia, meditação e espiritualidade. Sua atenção volta-se para sua qualidade de vida e o auto conhecimento através de terapias.



¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨



Previsão do Ano Universal
O Ano 2010 é um Ano 3 , ano de expansão, sociabilidade e diversão. Pelo mundo haverá incentivo nas atividades criativas ou artísticas. Um ano de romantismo. É um tempo de crescimento pessoal na Terra.



O ano de 2010 exigirá muita dedicação para alcançar grandes projetos; a vibração do número 3 está ligada a expansão, crescimento e criatividade favorecendo perspectivas de melhoria profissional e financeira. O pensamento positivo, ambição controlada e a responsabilidade devem caminhar juntos para que você consiga concretizar suas metas em 2010. O grande desafio será o de saber o momento certo de arriscar e controlar-se evitando ações desnecessárias em momentos inoportunos. Devemos analisar bem a situação antes de tomarmos qualquer tipo de decisão.



Bem, acreditando ou não, o melhor mesmo é prevenir.

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Ideias da Milene - Pequeno teste de Natal
Imaginem-se sentado numa pedra na beira de um lago... De repente surge um anjo, com um coração semelhante a este da foto e propõe um desafio:

"Quero que você coloque 3 atitudes ou 3 virtudes dentro desse coração e o ofereça para a pessoa mais perto de ti."

As questões:
1 - Diga quem é você?
2 - Para quem você oferece este coração?
3 - Quais são as três atitudes ou as 3 virtudes?
Bem vamos ao teste natalino!
As questões:
1 - Eu sou Mara Nilza Borba
2 - Ofereço este coração ao José Carlos do Blog Casa do Zé.
3 - Eu coloco neste coração: esperança, uma vida mais tranquila, sucesso nos negócios.

23 de dez de 2009

Um Natal Feliz a todos


Tudo se completa quando permitimos e auxiliamos para que os fatos aconteçam da melhor forma possível. A família, ainda que muitas vezes estejam distantes seus elementos entre si, é a base de nossas vidas. Neste momento, em que se completa mais uma contagem de tempo do nascimento daquele que foi, é e será o exemplo de vida e força, a família se reúne para consolidar esses laços tão profundos.

Desejo que cada vez mais possamos dar continuidade a este ato de fé e união.
Um Feliz Natal e um 2010 ainda melhor, próspero e iluminado a todos que compartilharam comigo durante todo esse ano de momentos felizes e alegres, tristes e de lágrimas, mas que ao final somou também o saldo de uma amizade forte e cada vez mais real.



O Natal traz consigo
matizes de verde, amarelo
laranja, vermelho, azul e salmão
e se misturam às luzes
Num leve tom néon.

Adiam-se as tristezas
Em troca da beleza, brilho e som
ignora-se a fome
com fartura, riso e pão.

As ausências no Natal
fazem enormes vazios à mesa
a incerteza e um desejo
De uma alma cansada
Que procura a saída
uma vida abundante, a libertação.

Jesus numa imagem de menino
muito mais que religião, seita e dança
é esperança saciada, liberdade partilhada
calma, presença, fé e perdão.

19 de dez de 2009

Blogagem Dupla e Coletiva !


1ª Parte

MOVIMENTO DOIS MIL É DEZ - iniciativa do Tiago do Blog Grama Azul

O que 2010 reserva pra você, pra mim, pro país, pros planetas desse sistema? É o que quero saber. Pra isso foi criado o "Movimento Dois Mil É Dez!", uma mobilização onde cada blogueiro expõe suas expectativas sobre esse novo ano.


Imaginando e crendo que o futuro de cada um de nós está intimamente ligado ao que fazemos hoje, vislumbro um 2010 bastante promissor em meu caminho.

2009 foi pra mim um marco. Sei que nem daqui a 100 anos eu deixarei de me lembrar de fatos que aconteceram, isso por que nasceram pessoinhas lindas e importantes-destaco a Giovana netinha da minha amiga de infância Marília já conhecida por aqui. Casaram-se meus dois filhos, é verdade!! Meus dois filhos. Nando em janeiro e Igor em julho. Como podem perceber, tive um 1º semestre bastante agitado e feliz.

Fiz parte da 1ª turma de Mediação Judicial do Rio o que muito vem me ajudando a crescer profissional e pessoalmente.

Infelizmente, nem tudo são flores, já dizia o ditado antigo e perdi um grande companheiro de todas as horas. O homem que dividiu sua vida comigo por mais de 20 anos. Tem sido muito difícil superar essa falta. Curioso como dessa vez sentir na pele o que dizem: sentimos falta quando perdemos... A dor foi intensa, mas as lembranças têm me ajudado a superá-la.

E o porquê vislumbrar um 2010 promissor? Simples. Acredito na boa colheita quando plantamos bons frutos. Sei que fiz o que pude para viver melhor do que antes e este esforço merece resposta positiva.


Nas demais esferas e segmentos, prediro deixar por conta dos futuristas e estudiosos em entender uma pouco mais dessa vida tão complexa.



2ª Parte

Proposta do Blog Ká entre Nós da dupla Jason e Alê


A música em minha vida
Sou do tipo acorda ouvindo músicas. Sempre que posso busco novidades para ouvir, novos talentos para conhecer e saber o que recheia nosso mercado musical.

Por muito tempo eu me intitulei “eclética”, hoje, não me vejo assim. Estou mais seletiva e meus ouvidos também! Gosto de boa música e ouço do clássico ao pop romântico e chega por aí. Não sinto vontade de ouvir músicas que ferem meus ouvidos com seus arranjos barulhentos e suas letras que nada dizem.

A música sempre teve uma importância muito grande na minha vida. Ainda criança, eu acordava quase todos os domingos com as músicas que vinham dos discos de vinil que meu pai gostava de tocar em alto volume. Eram os famosos boleros que ele amava e dançava muito bem. Sua discoteca era pequena e nem um pouco variada, mas consistente o suficiente para despertar em mim o amor pela música.



Pouco depois, eu crescia e começavam os encontros para os pequenos bailes com amigos nos finais de semana. Recordo-me que eu e meu irmão éramos bastante animados e estávamos sempre à frente formando álbuns que iam e vinham de casas diferentes e das excursões que fazíamos. Foi neste momento também que descobri o quanto eu adorava dançar, muito raro eu ficar num canto sem remexer o corpo e isso se dá até hoje. Viajo em mundos inimagináveis quando canto e danço, espanto a tristeza se houver. Faço o sorriso reaparecer mesmo que esteja distante. Os problemas ficam em qualquer gaveta da casa, enquanto o cansaço e dor se despedem e vão embora. A música faz parte de mim.

Ouçam esta música é uma das minhas preferidas



video

17 de dez de 2009


Leve-me por caminhos nunca percorridos,
em sonhos, misture tua pele em minha carne
Quero sentir um amor além do normal
carregue-me contigo sob as asas de um anjo bandido,
sedento de desejos – em chama.
Sacia-me a sede de ter-te pleno, inteiro.
embriaga-me com o perfume de teu corpo, louco.
Descubra-me como se desmatasse o verde.
Vista-me com tua saliva, talvez eu durma...

video

15 de dez de 2009

BLOGAGEM COLETIVA DE NATAL!


Iniciativa da Milla Galvão do Blog
Minhas Memórias



Um Natal marcante.

Ela sempre teve perto de si muitas pessoas. Muita gente lhe queria nesses momentos de alegria. Era criativa, de bom humor e isso a tornava requisitada para as reuniões entre amigos e a família. Brincava com as crianças, inventava roupas de Papel Noel de última hora que afinal rasgava-se antes do término da festa, mas criava.

Dividiu-se entre os pais e os amores que lhe surgiram na vida, entre sua casa e as outras não menos importantes nesses dias de confraternização. Teve filhos, muitos – alguns emprestados, assim como afilhados. Sorria, cantava e dançava e como gostava de dançar!!!...

Muitos foram os anos de um Natal convencional, tradicional – com neve lá fora e calor por dentro de si. Os anos passaram e a vitalidade das pessoas foi também passando. Acho que todo Natal fora muito marcante para ela, faltava saber se o próximo seria, pois em sua ceia faltaria uma pessoa que a fazia sorrir e dançar. Longe, bem longe – perto das estrelas ele estaria Talvez a vigiasse como sempre gostasse de fazer, mas ela não teria certeza. Feliz estaria apenas de sabê-lo bem ainda que distante.
Um belo Natal para Todos Nós!

Parabéns Mari! Parabéns Lanna!






PROJETO REDAÇÃO 2009
Colégio Pedro II




Elas começam assim: “Tem gente que acha sonho de
criança besteira, infantilidade”...

Mariana Borba e Lanna Vieira da Costa


Esta é a página 40

Talvez este seja o início de mais alguns talentos que fazem dos dedos o instrumento para fazer sorrir e chorar, refletir e sonhar, querer e desistir – mãos que trazem aos nossos dias a bela forma de crescermos como pessoas e ocuparmos nossas mentes com algo que torna o inútil em algo belo e substancial. A pedidos: esta é a Lanna - a outra poetisa amiguinha da Mari!!


Mariana é minha sobrinha
. Uma “menina-moça” de apenas 12 anos com firmeza e personalidade em tudo que pensa e faz. A identificação comigo vem crescendo pouco-a-pouco, de uma maneira mansa e gostosa. Hoje, pude ler e sentir o porquê: ela já manifesta interesse pelas letras “falantes” dos textos como eu em sua idade. Uma grande diferença nos separa, felizmente, eu escrevia em cadernos velhos e jamais mostrei às pessoas, ela já consegue ter seus escritos publicados dentre 130 textos escolhidos em um Projeto




O carinho! Obrigada!!

13 de dez de 2009

Em que momento encontramos a felicidade?


Conceitos abstratos e subjetivos são sempre muito complicados para responder e não seria eu simples mortal e tão distante da perfeição, que me habilitaria no palpite de uma definição de tal monta. Mas, posso dizer coisas bem mais simples como: ser feliz é estar com quem amamos e principalmente estarmos diante de nós mesmos felizes. Sei que não é tão fácil como desenhar as letrinhas que transmitem esse parecer, isso porque quando crescemos, já não somos tão translúcidos como uma criança capaz de vislumbrar o melhor do mundo em pouco tempo de vida.

Acho que não podemos perder o foco principal de nossos desejos, nos acostumarmos a querer apenas o essencial – quem sabe assim consigamos sentir ao menos o cheirinho gostoso que a felicidade traz consigo?

Hoje, estou feliz e este sentimento tem destino certo: estou AQUI também, dividindo com outro público não menos importante que o meu, as letrinhas que saem da minha cabeça, do meu querer, do meu sentir para transmitir algo em determinado momento e isto me bastou por hoje.
Obrigada amigo Olavo.

12 de dez de 2009

10 de dez de 2009

Ainda assim, teclando!

Frase do dia.

Eles gostaria de teclar e dizer o que as mãos não dizem !...
________________________________
Estou participando e você?


8 de dez de 2009

Negação


Desisto de tua face. De tua vida, viva!
Nunca mais seguirei teus passos
Largos e fugitivos.
Desisto de dar tempo à vida.
A luz clareia os destroços
E não vejo tuas mãos
Nunca mais amarei sem te ter
Porque eu amei como se fosses vivo
Amei tua glória, teu nome e suor,
Apenas sobrou tua ausência
Foste em mim o vulcão
Hoje, és negação, o rosto invisível
Desisto de me dizer não.

5 de dez de 2009

A bela tristeza


Há uma estranha beleza
No extremo da tristeza
Maravilha aqueles que
Conseguem vê-la
Em seus olhos a luz
Que deseja salvar uma vida.
Ainda que desconhecida...
Faz dessa, prova viva alma ferida.
Imortal pelo amor
Vital por tão poucas razões.


"É intrigante como a beleza pode significar e
imprimir emoções distintas em pessoas diversas.
Para algumas, traz alegria, para outras, a tristeza."