23 de dez de 2009

Um Natal Feliz a todos


Tudo se completa quando permitimos e auxiliamos para que os fatos aconteçam da melhor forma possível. A família, ainda que muitas vezes estejam distantes seus elementos entre si, é a base de nossas vidas. Neste momento, em que se completa mais uma contagem de tempo do nascimento daquele que foi, é e será o exemplo de vida e força, a família se reúne para consolidar esses laços tão profundos.

Desejo que cada vez mais possamos dar continuidade a este ato de fé e união.
Um Feliz Natal e um 2010 ainda melhor, próspero e iluminado a todos que compartilharam comigo durante todo esse ano de momentos felizes e alegres, tristes e de lágrimas, mas que ao final somou também o saldo de uma amizade forte e cada vez mais real.



O Natal traz consigo
matizes de verde, amarelo
laranja, vermelho, azul e salmão
e se misturam às luzes
Num leve tom néon.

Adiam-se as tristezas
Em troca da beleza, brilho e som
ignora-se a fome
com fartura, riso e pão.

As ausências no Natal
fazem enormes vazios à mesa
a incerteza e um desejo
De uma alma cansada
Que procura a saída
uma vida abundante, a libertação.

Jesus numa imagem de menino
muito mais que religião, seita e dança
é esperança saciada, liberdade partilhada
calma, presença, fé e perdão.

5 comentários:

Cristina e Márcia disse...

Olá, Nilza
Lindo esse poema! Viemos deixar uma mensagem que escrevemos para os amigos:
"Natal, momento de refletir, expulsar do coração as mágoas, deixar penetrar a bondade, e tornar o tempo cúmplice de sua felicidade..."
Desejamos que em 2010 o Universo conspire a seu favor!

Beijos das sonhadoras surtadas, e tatuadas pelo tempo,
Cristina e Márcia

Feliz Natal!!!!!!

[ rod ] ® disse...

Feliz Natal para você também moça... um bj.

Laura disse...

Achei tão lindo, tão romântico o seu blog que não resistir em ir embora sem deixar um comentário.
O poema é lindo!
Ouvi também as músicas, bom gosto. Também adoro ouvir! Mas ultimamente ando tão desligada, tão desiludida da vida, que resolvi fazer um cantinho para desabafar.
Quem sabe um dia me encontro numa melhor. Desculpa, você foi a primeira que encontrei pela frente para começar a soltar meus bichos.
Feliz Natal! Que para mim, será péssimo!

M. Nilza disse...

Laura,

espero que vc encontre em vc um natal melhor e feliz!!
beijos

Daniel Savio disse...

Poesia bonita, mas penso que as dores não sejam adiadas, apenas tem um peso diferente (mais leves)...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.