18 de abr de 2010

Enfim...


Minha imagem lentamente aparece no espelho
No profundo do horizonte busco um lugar
Que me cubra num manto quase santo...



Apenas no mar descubro a calmaria que tanto espero
Afogo no suor da dança de meu corpo a dor
Trazida pela tristeza das pegadas dos caminhos
Idos e vindos.




Invisível aos olhos dos homens
Ninguém me vê
Apenas eu sinto a brisa que bate
Os cabelos que voam e o corpo que treme
O coração oscila num bate e pára


Talvez seja um enfarto nas entranhas
Que lateja desenfreado num corpo débil
Pelo cansaço que vem da desesperança
Da solidão que o frio traz pelas mãos
Depois de um grande êxtase
do desejo saciado!

16 comentários:

angela disse...

Que poema mais lindo¹
Inquietações do amor
boa semana querida
beijos

Pérola disse...

Um bela semana.
Beijokas.

Sonhadora disse...

Minha querida
Lindo poema...nostálgico mas belo.

Beijinhos
Sonhadora

Dalva disse...

Palpitações de amor... lindos versos!

Bjs.

Daniel Savio disse...

Nunca estaremos realmente sozinhos, nem mesmo quando resta apenas os nossos desejos...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.

Pérola disse...

Boa noite amada.
Muito obrigado, agradeço de coração a visita ao filhote rs.
Uma exelente semana.
Beijokas.

Ausência Instável disse...

Realmente é lindo, os seus pés kkkk
E os seu poema é CLARO ...

Uma hora agnt acerta neh?

O jeito é viver de tentantivas, só as vezes dando tempo a nós mesmo.
Mas nunca desista
A felicidade é unica, só nos fazemos ela acontecer.

Um beijao FLOR!

Bia Carvalho disse...

Olá!
Você gosta de ler?
Então acho que você vai gostar do meu blog de livros:

Amor, Mistério e Sangue

Ele é especializado em Suspenses Românticos, mas de vez em quando eu falo sobre outros gêneros de livros também.
Quando puder, me faça uma visitinha e se quiser me seguir, eu vou adorar!

Pena disse...

Simpática e Linda Amiga:
Um delicioso Post de sonho repleto de ternura.
Possui uma sensibilidade mágica e sublime de encantar e fascinar.
Beijinhos amigos ao seu génio fabuloso.
Sempre a respeitá-la e a admirá-la

pena

Adorei. Perfeito.
Bem-Haja, maravilhosa amiga.

Ana Maria disse...

Um poema encantador!
Tenha um feriado ótimo!
Beijos de luz!

Myrella Andrade disse...

Lindo poema.Da para sentir os movimentos,muito bom mesmo!
beijos

Bia Carvalho disse...

Desculpe a invasão, mas eu tenho uma ótima notícia!

O Blog Amor, Mistério e Sangue está estreando sua primeira promoção!!!

O prêmio para o vencedor é o primeiro volume da Série "A guerra das Sombras"

O Livro de Dinaer
Para mais informações sobre o livro
http://www.aguerradassombras.com/dinaer.html

Você não pode perder essa super promoção!!!
http://amormisterioesangue.blogspot.com/2010/04/primeira-promocao-do-amor-misterio-e.html

Bjs e boa sorte!

Bia Carvalho disse...

Desculpe a invasão, mas eu tenho uma ótima notícia!

O Blog Amor, Mistério e Sangue está estreando sua primeira promoção!!!

O prêmio para o vencedor é o primeiro volume da Série "A guerra das Sombras"

O Livro de Dinaer
Para mais informações sobre o livro
http://www.aguerradassombras.com/dinaer.html

Você não pode perder essa super promoção!!!
http://amormisterioesangue.blogspot.com/2010/04/primeira-promocao-do-amor-misterio-e.html

Bjs e boa sorte!

Sandra Botelho disse...

Que delicia essas sensações...
Lindo seu descrever...
Vm te fazer um convite...
Conheça meu novo blog.
www.sandra-botelho.blogspot.com

Manifesto Interno disse...

Que coisa linda, Nilza!

Parabéns por colocar em palavras aquilo que é tão peculiar em nós..

O sentimento transformado em palavras tem esse poder de unir
pessoas tão diversas!

Bjs,

Eduardo Santos disse...

Olá amiga. Seu poema me deixou um pouco confuso, não pelas palavras, mas pela forma de expressar os sentimentos. Em vez de desesperança, gostaria de ver: esperança; em vez de solidão, porque não acompanhada e sabe porqê? Quem descreve sentimentos desta forma merece muito mais que as palavras descritas. Tudo de bom.