17 de mar de 2010

Por que somente os 'ROYALTIES"



Além de todas as belezas naturais e minerais que - nós, os cariocas - temos e dividimos com turistas e migrantes de outros estados, que tão bem recebemos de braços abertos aqui, hoje amargamos o descaso e a intenção de políticos "estranhos" quererem nos levar o pouco que temos para cuidar dessa cidade até então Maravilhosa.

A proposta aqui é a de que se levam os Louros (royalties) que levem também o resto, a desordem, a crimnalidade, enfim, o nosso passivo que só faz aumentar e fazer com que - nós, os cariocas - queiramos sair desse pedacinho de céu, que a todo custo querem transformar no mais ardente inferno!!

LEVEM TAMBÉM!!


Pane no Metrô
Um dia depois de a Justiça ter dado um prazo de 30 dias para o Metrô restabelecer a eficiência do serviço, sob pena de multa diária de R$ 100 mil, um trem apresentou pane ontem. Pela quarta vez em menos de...

Falta energia até na saúde
Em visita surpresa ao hospital Albert Schweitzer ontem, a Comissão de Saúde da Alerj e o Sindicato dos Médicos detectaram erros nas obras da subestação de energia da unidade.

Beltrame ressalta expansão das favelas
“O Rio tem mil favelas e estamos começando. Temos que fazer uma política permanente, mas é preciso ficar claro que isso não vai terminar com a violência. Precisamos de policiais, recursos para fazer isso e hoje o Rio tem uma deficiência muito grande de efetivo. Preciso de policiais novos”, disse o secretário.

Na entrevista, ele chamou atenção também para a expansão das favelas na cidade. “O problema geográfico e a expansão desordenada, esses problemas, hoje estão caindo no nosso colo. A Ladeira dos Tabajaras já está para o lado de Botafogo”, ressaltou ele, ao falar da dificuldade de cerco na favela devido a seus vários acessos.

Vejam AQUI !

6 comentários:

Daniel Savio disse...

Infelizmente, não vejo ninguém querendo dividir o dinheiro das minas de ouro, do eco turismo da Amazônia e etc...

Ninguém mesmo...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.

Pérola disse...

Boa noite amiga.
A desordem minha bela,se instalou geral o q é uma pena.
beijokas.

Pérola disse...

Obrigado minha linda.
Amei a sua visita.
Beijos e uma linda noite regada de muita paz.

Paulo Tamburro disse...

NILZA,

carioca que nem eu;

revoltada que nem eu;

explodindo por todos os poros que nem eu;

Você esta absolutamente, correta!

Quem é Ibsen Pinheiro, para querer destruir o Rio de janeiro?

Já fizeram isto com Brasília a capital dos gatunos políticos indesejáveis.

Minguém mais usa, Arruda atrás da orelha, pois antigamente dava sorte, agora dá CADEIA(rsrs).

Botar a mão no nosso Rio de Janeiro de Flamengo e Vasco, Copacabana, Ipanema, Cristo Redentor ,Pão de Açucar, dessas mulheres lindas ,inteligentes e maravilhosas...

Fala sério!

Absolutamente , não.

Và de retro, coisa ruim!

NILZA, eu estava lá e o que dizia-se era que, realmente, este assalto ao nosso RIO, não passaria no Senado e se passar o presidente veta.

Era o papo!

Nilza, eu tenho um blog de humor, e gostaría que você "mediasse"(rs)lá.

Sinceramente, ficaria muito honrado!

E desculpe a exaltação, mas estes caras não sabem com quem estão se metendo!

Concorda?

Com o Rio de Janeiro, o negócio será sempre mais embaixo!!!

angela disse...

Nó paulistas também já pagamos muitas contas e nossa representação no senado e na camara de deputados é diminuida se levarmos em conta o tamanho da população. A voracidade do governo federal é monstruosa e é preciso brigar em quanto a coisa ainda não aconteceu, pois como você bem mostra: a conta é sempre nossa
beijos

Paulo Tamburro disse...

NILZA,

deixe eu lhe explicar uma coisa:

Os seus belíssimos comentários, ficaram na postagem anterior, já que a nova é:

PROCURA-SE A VERDADE: MEU MARIDO É GAY. (rsrsrs)

Quando acabei a postagem é que ví isto.

Vou lhe pedir um favor me explica este negócio de 4+1+5

Se puder use, meu e-mail.

Está nos meus 3 blogs e só clicar em: Visualizar meu perfil compelto.

Entendeu? Lógico! Afinal mediadora é mediadora(rsrs)

Faz isso por mim?

Um abração entre cariocas!

FIQUE COM DEUS!