2 de mar de 2010


Quando estás longe de mim
Invade-me o frio.
Ando pela casa às escuras,
Um ser delirante e obsessivo por ti
A cada minuto anseio
por teu corpo, tuas mãos.
Paredes, portas e janelas
Tornam-se objetos animados
Escutam meu suspirar de amor,
Metade de meu ser
Porque a outra metade sou eu,
em metades.
Devolva o que é meu,
Traz de volta o que levou.
Paredes, muros e muralhas
Eu grito, escutem!
- Venha amor meu,
Te espero! Te preciso,
Pressinto e venero!
Não! Louca não sou
por falar com paredes,
Mas insana sou
Por amar-te tanto,
Quando te imagino em mim,
Sozinha, eu e minhas paredes!
Descabelo-me, atiro-me contra elas,
Na tentativa vã de sentir-te em mim.

10 comentários:

Pérola disse...

Boa noite.
Sua postagem está maravilhosa.
Eu ñ sei quanto a vc, mas o que restou de todo o amor q eu senti,foram caquinhos q até hoje estou os recolhendo.Ñ me devolveram nada rs.
Mas posso lhe garantir q estou quase inteira novamente,louca para amar de novo.
Uma linda noite e mil beijos.

Daniel Savio disse...

Quando o nosso amor está longe, só nos resta saudades, mas isto nunca basta...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.

Poemas e Cotidiano disse...

Que paixao minha amiga!
Essa eh de derrubar "as paredes do coracao"!

Beijos carinhosos
Mary

HNETO disse...

A pele é como uma roupa
é preciso desnudar-se
mostrar-se em visceras
para ser entendido(a).

angela disse...

Ai querida que dor!
Fique com meu abraço apertado e os agrados de seus amigos, qiem sabe ajydam a juntar seu coração.
beijos

Zé Carlos disse...

Lindo MNilza... como tudo o que vc escreve. Deste a foto...

Beijão do ZC

Sandra Botelho disse...

Esta dor eu conheço bem...
Esses desejos tambem!
Bjos achocolatados em sua alma.

Jaqueline Sales disse...

Às vezes, as coisas das quais mais gostamos são também as que mais nos fazem sofrer.

Nilza, adorei o auto-retrato que publicou agora. Deu uma idéia mais abrangente de quem é voce, menina. Muito bom!

Beijoooooooooooossssssssssssssss

Pena disse...

Linda Amiga:
Falar sobre o amor é salutar e lindo.
Descreve-o com paixão. Pureza e encanto.
É mágica a sua valiosa atitude. Fala de uma entrega.
Olhe, adorei, com sinceridade.
É um amor que desenha com pureza.
Beijinhos amigos de um respeito e estima gigantes.
Sempre a lê-la com atenção pela preciosidade humana que é.

pena

É majestosa. Perfeita.
Bem-Haja,terna amiguinha.

Sílvia disse...

É dificil encontrarmo-nos quando levam uma parte de nós... Bom post :)

Beijo