21 de mar de 2010

Só ou solitário?




A solidão se esconde na sombra
De um deserto nas pessoas sem amor
Na ausência de firmeza de alguém
Tão presente que se faz sumir
Diante de falsas esperanças.

Ausenta-se ao redor do desequilíbrio
Do pseudo-amante que apenas engana
A si e a todos que cruzam seu caminho
A solidão é a mãe de quem se deixa
Descansar no leito da vergonha
Na rede, na brisa,
no vento soprando mentiras.

Ela varre o pó dessa frondosa árvore
Feita e nutrida por falsidades ideológicas
Sentida na dor da boa-fé e do caráter.
Pois, nega a quem lhe estende a mão
Opta pela companhia da paixão
Delicia-se entre as pernas da ilusão
Morre coberta pelas redes que a faz só.

10 comentários:

Pérola disse...

Bom dia amiga.
Mas que postagem maravilhosa.
Nem sei o q dizer rs.
Parabéns.
Um lindo domingo.
beijokas.

Daniel Savio disse...

Poesia bonita, mas prefiro só a está solitário por uma paixão de ilusão...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.

HSLO disse...

Bela postagem...eu estou solitário no momento.


abraços



Hugo

Zé Carlos disse...

Parabéns minha MNilza querida, jamais deixe a solidão tomar conta de vc. É como se vc pagasse os pecados que não cometeu!!!!

Adoro ter vc sempre por perto. Teu fã maior, ZC

angela disse...

Linda poesia, a pior solidão é aquela que vem do desamor a si mesmo.
beijos

SAM disse...

Querida amiga,

uma bela poesia, sem dúvida.E uma excente reflexão. Uma das belas que já li. Obrigada


"Morre coberta pelas redes que a faz só."


Beijos e linda semana!

Sueli disse...

Tenho andado um tanto só (mas comigo mesma). Que os bons ventos me livrem da solidão. Credo em cruz!...rs. Abração!

Rafael Ceciliano disse...

Te convido para visitar meu blog: http://raioxceciliano.blogspot.com

Se possível, me seguir pq tenho poucos seguidores. Isso me deixa desmotivado! rs'

Um abraço e aguardo sua visita...

by: Rafael Ceciliano.

Paulo Tamburro disse...

NILZA,

que bela e inspirada poesia!

Veio da pessoa certa!

Um barção carioca e fique com DEUS!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

M.Nilza.Sublime, encantador. Solidão só é bonita assim,virando poema, mas estar na solidão é muito ruim.Beijos