30 de jun de 2010

Blogagem Coletiva - Contador de Histórias

CONTADOR DE HISTÓRIAS DE JUNHO:
ASSUNTO:Amor.
TÍTULO: NA Mira do Cupido.
Iniciativa da Raquel Machado


Acho que eu deveria iniciar este post assim: era uma vez... Mas, não sei contar histórias dessa forma, gosto de escrever em versos e nem sei se sai do foco da blogagem. Porém, está aí minha particição. Parabéns Raquel por mais esta iniciativa.



Sempre escondido, com dentes afiados
ali está o cupido, à espreita, em pé ou sentado
Vigilante, esperto e com seu com ar atrevido,
em seu objetivo certeiro e determinado.
Ele menino, com ar ingênuo, aspira

e transpira graça sem parceiro,
ninguém o ultrapassa.
em sua plenitude perfeita
lança e alcança com sua flecha,
corações vazios, esperançosos.
Ó cupido!
Tão cheio de prazer
Olha-te ao te ver surpreso.
Ri ao te ver em desgraça.
Ironiza quando te percebe feliz.
Ó cupido, diga o que foi que lhe fiz?
Vá e me deixa em paz.

7 comentários:

Raquel Machado disse...

Oi flor,
Vim conferir sua postagem...Gostei do poema porém achei ele meio triste você mandar o cupido embora...ehehehe...obrigada pela participação e assim vale tudo no contador o importante e a participação e a criativade das pessoas que se inscrevem e aqui tem de sobra. Acabei de postar meu conto quando puder da uma passada por lá conferir e das outras participantes também. Bjks
http://kriativa.zip.net

Irene Moreira disse...

Nilza
Adoro poesias e a sua está linda, doce e em cada verso soube dar o tom certo a melodia do amor.
Belíssima participação.
Beijos

http://avitrinedesonhos.blogspot.com

angela disse...

Adorei seu poema cheio de ironia com esse moleque que nos dá tanto trabalho.
beijos

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, pior de tudo, não dá para negar que o amor tem um pouco de sofrimento...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Belo poema, de "sai fora, cupido". Às vezes a gente tem medo sim, mas é bom arriscar levar uma flechada de vez em quando . BeIjos

Pérola disse...

Ñ manda ele embora ñ mulher linda rs.Até acho q com toda essa beleza nem q vc quizesse q ele fosse ele iria rs.
Gostei da sua postagem,muito boa rs.
Obrigado pela visita.
Beijokas

O Profeta disse...

Esta ilha não tem fortuna
Trocou-a por um curioso mistério
Este irreal e intenso verde
Que inunda o olhar mais sério

Nesta ilha há um beijo na tua procura
Nesta ilha as pedras não têm idade
Nesta ilha as juras são lançadas à maresia
Nesta ilha o sonho é janela da verdade

Doce beijo