12 de jun de 2010

Fotografia by Aline Sena

Por ti serei eternamente atenta.
Nossos laços serão unidos
Pela ternura e afetos jamais esquecidos.
Importa pouco se por aqui ainda estão,
vindos do céu, ou do chão -
A poesia ou cântico que para ti criei
E nesta data te ofertei!
És tu, meu eterno namorado,
Entre chamas, ou no silêncio
da tua ausência, eis
meus versos apaixonados!
Sem data, caminho ou vencimento,
Foi em ti que tantos encantamentos
Descobri e vivi, renasci e até morri.
Do sol, espero renascer
Da luz intensa recebo o amanhecer!
Alimento a esperança e a ilusão
Que jaz de teu corpo inerte.
Na convicção de te amar até morrer!

5 comentários:

orvalho do ceu disse...

Olá, também passo para deixar pra vc o meu mais nobre sentimento: o AMOR
Tudo de bom hoje e sempre.
É muito bom participar deste dia com vc.
Bjs

Flor disse...

Muito bonitos os teus versos.

Um beijo
Flor

Florentino disse...

pra vcs tudo de bom ,.,., adorei amei este post.

angela disse...

Muito lindo seu poema de amor.
beijos

Daniel Savio disse...

Poesia com um que de saudades...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.