13 de jun de 2010


Ver-te assim, com um leve ou escancarado sorriso
Faz-me perder o fôlego, por horas a fio!
Sem pressa, o relógio perde-se em ponteiros loucos
Nas fantasias quando te imagino dormir
Ao som das canções que sopro em teus ouvidos.

Sentir-te quando me abraças em largos braços
Como se me engolisse em teu âmago
Acolhendo-me em paixão e desejos
Num leve sussurro quente que me incendeiam
Em momentos inesquecíveis e escassos.

Provar-te o beijo a desnudar a alma sem pudor
Nessa doçura única que vem de ti
E do universo de carícias espreitadas por nós
Diante da cumplicidade que trocamos em olhares
Finjo não perceber que os minutos somem no ar
E em breve sumirás nas sombras de corredores
Longos, frios, indefinidamente sem rumo.

12 comentários:

Sandra Botelho disse...

Delicia é ver o sorriso de quem amamos...Triste é quando se vai...
Bjos achocolatados

Pelos caminhos da vida. disse...

Um belo espaço o seu, amei.

Obrigada pela sua visita, volte mais vezes, serás sempre bem vinda.

beijooo.

Ernani Netto disse...

Nossa, é muito longe... 1100 km de ida e 1100 km de volta!

Lindo o seu texto, como sempre...

Bjaum

P.S.: Devendo visitas a todos.

Sonhadora disse...

Minha querida
Um belo poema de amor, muito sentido...adorei.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

A Magia da Noite disse...

mas fica na pele o arrepio dos sentidos.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Maravilhoso poema. Acabei lembrando de uma música da Zizi Possi: "perigo é ver você assim sorrindo, isso é muita tentação". Parabéns. Beijos

Fátima disse...

Amor lindo enquanto sentimos e vivemos...triste quando se perde.

Beijinho.

Pelos caminhos da vida. disse...

Hoje uma oração para os meus amigos:

Senhor, Olhai pelo meu amigo!
Que as pedras sejam removidas do seu caminho,
Que tenha forças para carregar seus fardos,

Que encontre coragem para resistir ao mal,
Que possa ver o amor em todos os seres,
Que seja abraçado pela lealdade,
Que encontre conforto e saúde se estiver doente,
Que seja próspero e saiba partilhar,
Que tenha paz cobrindo seu espírito,
Que sua mente obtenha os conhecimentos,
Que use sabedoria para aplicá-los,
Que saiba distinguir o Bem do mal,
Que tenha Fé para manter-se forte na dor.

SENHOR, Olhai pelo meu amigo!
Protegei cada passo que ele der,
Que a cada novo dia ele aceite o novo,
Que saiba alegremente comunicar novidade,
Que Vos sinta em todos os momentos
E que tenha o Vosso colo por toda a Eternidade!
Amém.

(desconheço autoria).

beijooo.

Gislãne disse...

tanto tempo sem vir por aki.rs
Adorei teu texto!

Maria disse...

Muito lindo!
Um beijo
Maria

MEUS POEMAS disse...

Oi amiga linda, que belo poema, amo seus textos!
Bjão pra vc
Gena

Daniel Savio disse...

Poesia bonita e com sentimentos, isto é muito bom...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.