11 de jul de 2009

Dois em Um

Em tantos lugares te busquei
Até na galáxia caminhei
Busquei no oculto
pra te encontrar na verdade
Na luz intensa do sol
Tua sombra eu segui.

Com cautela, tentei não feri-la.


A certeza se apoderou de mim.


Um dia isso teria um fim
Ainda pelas sombras
Nossas mãos se encontraram
Numa atração forte
As promessas eternas
Plantaram a doce ilusão.
Distante da razão deixei
O corpo flutuar nessa paixão.





Queria esquecer a cor de teus olhos,
Assim a saudade deles seria menor.
Queria não lembrar do tom da tua voz,
o teu jeito de falar,
o sorriso lindo que só vem de ti,
queria tanto - mas não posso.
O que sinto por ti é além
De qualquer imaginação.
Impossível vislumbrar uma estrela brilhando
e não te reconhecer nela.
Imaginar a vida sem tocar-te
Seria o mesmo que sentir
a escuridão do desconhecido.
As circunstâncias dizem não a nós,
o amor e a paixão - juntos gritam sim.
O coração lacrimeja num eu te amo,
a dor que cresce na alma diz: eu te quero.
O silêncio me acorda todos os dias: levanta e veja!
É a esperança!
E o momento canta.
tua presença é meu maior desejo,
ainda que a saudade seja a imensa dor.

11 comentários:

Desnuda disse...

Sensacional! Amiga, voce escreve magistralmente! Mais do que ler, eu SENTI!

* Obrigada pelas palavras de carinho, amiga. Sensibilizada.

Beijos e maravilhoso fim de semana!

IdealisticGirl's disse...

Linda poesia . você está de parabens :D'

Menina do Rio disse...

MUiiiiiiiito lindo, Nilza! Um poema cheio de encanto, apesar da tristeza, mas a esperança é sempre uma nesga de sol a aquecer a alma.

tem um santo e bom domingo, querida

Beijinhos

Zé Carlos disse...

Ah! menina querida, quantas vezes teremos esta recaída em nossas vidas? Mas é parte de nossa história e nada poderemos fazer para escondê-las. Mas o importante é que hoje você é uma mulher feliz e sorridente, assim como no seu perfil.
Um beijo enorme, teu amigo ZC

Jana Banana disse...

Hj acredito que existirão pessoas que terei que me contentar com as lembranaças e a enorme falta que fazem para mim...os sentimentos esse que doem fazrão parte disso...mas vai ser assim.
Bjks e sds

Ausência Instável disse...

Achei tão imenso.
Incrivel assim como os outrps, grande coração NILZA.

"temos que passar por tudo, o querer esquecer, a vontade de não ter mais, o desejo de não tocar, e o sonho de não querer amar, mas é atraves dele que sabemos que não podemos o coração sempre quer mais, e nunca esquecer será a melhor forma, não para ele. E para agente? APRENDEMOS A SER DIFERENTE A CADA DIA COM ELE.

Sdds, Um beijão ;)

Marco disse...

Amiga Nilza,
Muito obrigado por sua visita à minha velha cristaleira de antigas emoções e especialmente obrigado por seu comentário tão carinhoso.
Estou retribuindo a visita e adorei seus escritos. O poema é muito lindo. Seu texto sobre a barbaridade cometida no hospital com a moça grávida foi de extrema sensibilidade.
Parabéns.
Carpe Diem. Aproveite o dia e a vida.

Miss Butterfly disse...

Simplesmente perfeito!!!

Cheio de encanto e sentimento!!
Continue assim...trazendo uma esperança!!!

Beijosss

Natasha Dias disse...

OIIII... Obrigada pela visita!
Volte mais vezes .. seu espaço continua lindo... um grande beijo...

Daniel Savio disse...

Aff, mas pensa bem, pelo menos você tento que este relacionamente desse certo...

Senão deu certo, tente achar uma pessoa que vai dar certo.

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.

Ana Maria disse...

Ah! Ía me esquecendo, tornei-me sua seguidora, visite meus blogs e siga-me. A partir de hoje vc está nos blogs preferidos da minha página. Depois confira.
bjs!