18 de set de 2009


Ser diferente. Aprender. Decidir. Mudar.
Viver cada minuto. Abrir os braços.
Voar alto. Perder o medo. Cair e levantar.
Olhar e procurar por mim mesma.
Saber encontrar e o que fazer com tal descoberta.
Lembrar-me da vontade de ir em frente.
Correr na direção do vento e sorrir dos tropeços
Admirar o lago que reflete minha imagem.
Colocar atrás da orelha folhas secas pelo frio da noite.

7 comentários:

Sandra disse...

Olha amiga, amei o texto. Muito parecido com o que postei na Curiosa. Passe lá e veja. está como 13 conselhos.

Obrigada pela visita no blog Uma interação de Amigos.
Amei ter recebido, vc na minha casa.
Fica agora o convite para ser inha mais nova seguidora.
Um brande abraço.
Bom final de Semana.

Sandra disse...

Passe em meus blog e traga selinhos para o teu blog.
Sinta-se a vontade.
Ficarei feliz em vê-los aqui.
Sandra

Adolfo Payés disse...

Hermoso.. un gusto leerte


Un abrazo con mis saludos fraternos
Que tengas un buen fin de semana...

angela disse...

Ai que vontade de viver plenamente, mas me pego tantas vezes com medo e acabo me escondendo quando deveria me mostrar.
beijos

Julio Cesar Corrêa disse...

Vc traduziu o puro sentido da vida, minha cara. Saber cair e levantar é o ensinamento básico que, às vezes às duras penas aprendemos. E como diz o sábio Domingos de Oliveira: "Ser sincero é o último tabu dos nossos tempos." Nada mais nos choca do que a sinceridade.
bj

Pena disse...

Preciosa Amiga Poetiza:
"...Saber encontrar e o que fazer com tal descoberta.
Lembrar-me da vontade de ir em frente.
Correr na direção do vento e sorrir dos tropeços
Admirar o lago que reflete minha imagem.
Colocar atrás da orelha folhas secas pelo frio da noite..."

Lindo poema de encantar.
Fabuloso. Perfeito. Sensível.
Linda...
Com imenso respeito.
Beijinhos de amizade.

pena

Excelente instante de magia pura e bela.
Parabéns sinceros!
Concebe a sua poesia de forma que deslumbra.

Daniel Savio disse...

Muitos desejos misturados ao ato de viver feliz...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.