7 de mar de 2009

Mulher, apenas.




Sou o vento que vaga e corre
Sou a lua no céu claro que ilumina
Sou vaidosa, carinhosa e impiedosa,
Sou sincera, romântica e talentosa,
Sou vida, reflexão, coração.
Sou bela, fera e paixão.
Sou sensível, leal e sonhadora.
Sou assim, a poeta, a prosa.


Poesia e versos, a inspiração.
Sou o canto, a canção, o pecado.
Alimento a emoção por ser
Apenas mais uma mulher.

6 comentários:

Codinome Beija-Flor disse...

Ficou fantástico.
Parabéns! Um abraço cheio de carinho

Daniel Savio disse...

E parabéns pelo ("quase", meio que falta vinte minutos para a data oficial) dia de mulheres.

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.

Ana Lu disse...

Feliz dia das mulheres pra vc, pra nós, pra todas!

Jana disse...

Um feliz dia internacional das mulheres!

beijo

Lino disse...

Sendo apenas mulher, acaba abrangendo muito mais. Ser apenas, neste caso, é ser tudo.

Elcio disse...

poema tao lindo qto o "ser" mulher.

é isso aí.
bjs e otima semana

http://www.instantes.blogger.com.br/