16 de jun de 2009

O amor não voa!

Estou eu aqui mais uma vez
A ouvir que é vital acreditar no coração,
Dar asas a imaginação.
Ler as linhas da razão.
Perfeito paradoxo razão-coração.


O coração grita por ti.
A razão preenche seus sentidos
Em harmoniosa oposição.
Paralelos traçados
Numa direção rumo ao infinito.
Numa longa viagem
Abro as asas da imaginação
Vôo longe e chego perto de ti
Lábios secos pelo vento
Ávidos de amor buscam os teus
A razão que viaja inflexível
Despreocupada com os movimentos
Que soam frenéticos no coração.
Dá de ombros e parte.
Soberana.
O amor não voa.
Vacilante, submisso e perdido.
Busca um porto pra ancorar
Cansado, esbarra nas muralhas.
Que a razão tratou de armar.





9 comentários:

Avassaladora disse...

Amiga, há momentos que só podemos dizer obrigada!

Obrigada por existir...
Obrigada por ser minha amiga...
Obrigada por suas palavras!


Beijos!

Adolfo Payés disse...

Amar para siempre sentir el amor..

precioso

saludos fraternos con cariño
un abrazo

besos

Ernani Netto disse...

Que o amor ancore em nossos corações!

bjaum

P.S.: To escrevendo em outro blog, dá uma passadinha lá:

http://ernaninetto.blogspot.com

O Profeta disse...

Não há longe, teu mundo a ilha
Tens andar gingão mesmo à maneira
O verde é manto que te afaga os pés
O mar é o teu azul por cabeceira

Passos ao encontro
Alma cheia de cor e ilusão
Braços abertos à aventura
O mundo na palma da mão


Boa semana



Mágico beijo

Jana Banana disse...

Vc é uma pessoa mais bela do que imaginei que fosse. Obrigada por permitir me conhecer. Mesmo q por enquanto virtualmente,rs
Bjks

Marcos Campos disse...

Olá M. Nilza!
Obrigado pela visita lá no blog!
Nada como abrir as asas da imaginação e voar longe...
Bem legal o que vc escreve!
Bj

Nilson Barcelli disse...

Não voando, o amor dá-nos asas para voar...
Querida amiga, gostei imenso do seu poema. Belíssimo.
Beijo.

Ausência Instável disse...

"A razão que viaja inflexível
Despreocupada com os movimentos
Que soam frenéticos no coração.
Dá de ombros e parte."

Eu achei esse parte muito boa, Nilza.
Eu lhe disse que é um encanto que vc esta escrevendo ultimamente no BLOG!
Eu peguei essa mania de blog, virei BLOGUEIRO, e ver que existem do bem e do amor, igual a vc.

Continue assim, distribuindo Alegria.
Um beijãooo!!!

Laguardia disse...

Amigos.
Não sou jornalista nem escrevo bem.
Sou aposentado, recebendo do INSS e tendo o IR descontado na fonte. Não recebo as benesses de nosso apedeuta mor que tem pensão do INSS acima do máximo, isento de Imposto de Renda por se achar perseguido político, ou melhor, por se anistiado político.
Luto com as armas que tenho que é um blog, como forma de desabafar ao ver tanta roubalheira, falta de ética, falta de honestidade e principalmente falta de vergonha na cara desta quadrilha que tomou de assalto o Palácio do Planalto.
Quero convidar os amigos a participarem da minha forma de protesto, o blog Brasil – Liberdade e Democracia - http://brasillivreedemocrata.blogspot.com/.
Se não levantarmos nossas vozes em protesto o que será deste país para nossos filhos e netos?
Agora é a hora de lutarmos por uma pátria livre democrática, e sobre todo com governantes honestos e éticos.