25 de jun de 2009

Drogas, fuja desse mal




“A polícia de São Paulo apreendeu 84,2 toneladas de drogas no Estado em 2007. Houve um aumento de 29% em relação a 2006, quando foram retiradas das ruas 65,5 toneladas de entorpecentes. Com um avanço de 78%, as drogas sintéticas lideraram o crescimento das apreensões. Foram 176 quilos no ano passado, contra 99 quilos no anterior.”

“O Brasil e os países em desenvolvimento fazem o inverso das nações do Primeiro Mundo. Nos países ricos, o crime organizado apostou na cocaína. Essa droga é imbatível na Europa e também nos Estados Unidos. Ela causa menos problema para os traficantes. Já as drogas sintéticas provocam mais overdose, parada cardíaca e ataque cardíaco, argumentou.”


“O Escritório das Nações Unidas para Drogas e Crime (Unodc) divulgou ontem o Relatório Mundial sobre Drogas 2009, celebrando os 100 anos do combate internacional às drogas, em tom de comemoração, ressaltando que o mercado global de cocaína, de US$ 50 bilhões, sofreu abalos sísmicos, graças à cooperação internacional. A produção caiu 15% (a maior queda em cinco anos), o consumo caiu na maior parte dos países ou ficou estagnado. No Brasil, porém, o consumo da cocaína quase dobrou em três anos.”

Qual será a razão de dados como estes?

Porque será que um país tido como de pessoas “cabeça fresca”, o país do carnaval e do futebol estaria em destaque e num patamar preocupante no quesito: uso de drogas?

Pra onde estamos nós os “Brasileiros” caminhando?

Eu confesso que estou bastante distante de uma resposta ou mesmo arriscando uma opinião diante deste assunto. O fato é que dia-a-dia nos deparamos com casos maiores e com números alarmantes e nada vem sendo feito de concreto.

E o Brasil continua de braços abertos !!...

6 comentários:

Adolfo Payés disse...

Un gusto leerte siempre preciosa.

Un beso muy grande..
Saludos

Que tengas un hermoso fin de semana
Un abrazo

Bea - Compulsão Diária disse...

Exatamente, nada sendo feito de efetivamente concreto.
Grata por participar

Cöllybry disse...

É o flagelo deste século, juntando a guerra, fica o caus...Para refletir este texto...

Grata pela doce visita

|)’’()
| Ö,)
|),”
| Terno beijo

Cöllyßry

ölhår_Îñðîscrëtö...Å ¢µ®¡ö§¡dädë

Lino Resende disse...

Não sei responder, mas tenho certeza que ações precisam ser tomadas para que tudo mude. E acho que devemos fazer o caminho da repressão, mas adotar também a informação.

Vanessa disse...

Bela abordagem a sua. Estou também na coletiva e só agora pude aparecer para comentar.

Abraço

Ava disse...

Que bom essa coletiva em torno de um assunto tão sério!

Abordagenes pertinentes e que mostram o quão pode ser negro esse caminho...

Parabens por força!


Beijos e carinhos!