28 de out de 2009


Leva-me até a janela dos teus sonhos
Nos caminhos conta-me teus segredos
mistura tua vida à minha sem pudor,
quero sentir um amor selvagem, animal,
Leva-me contigo por entre teus caminhos
Inflame teu corpo de desejo sedento de mim
Induza-me ao maior pecado, sacia-me a sede
de ter-te todo e completo dentro de meu ser.

5 comentários:

angela disse...

Esse poema saiu no jeito..no jeito bom. Esta bem bonito, simples, direto e sensual.
beijos

Daniel Savio disse...

Amar não é pecado, mas uns pecados cometidos por amar ficam bons...

Hua, kkk, ha, ha, brincadeira com um fundo de verdade.

Bom texto menina M. Nilza.
Um abraço.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

Anna e Cesar disse...

Boa noite!
Seu espaço é encantador, parabens. Gostamos de estar aqui.
Poemas belissimos, apaixonados, sensuais, inspiradores..
Esperamos sua visita no nosso ninho, será um prazer ter vc por lá.
Tenha uma noite de paz e um final de semana recheado de alegrias!

Raquel Machado disse...

Oi flor,
Vim quando voltar passa lá no kriativa prestigiar a inauguração do contador de historias e tambem a festinha de halloween tem presentinho e brincadeira. Te espero por la. FELIZ DIA DAS BRUXAS!!!!
http://kriativa.zip.net