6 de mai de 2009


Existe um lugar alto, claro e bonito.
Fica ao pé da colina.
Subida da trilha em que encontro a lua.
Certa noite, quase a segurei, sonhei...
Pensei em compor uma música
Tocar violino, soprar minha voz
ainda que rouca, fazer soar um canto
que alcançasse aquela beleza
Embargou-me as cordas.
Perdeu-se no agudo grave
das notas que lhe davam cor.
A Lua foi embora, se escondeu
como testemunha desse sentimento
que floresce a cada anoitecer.

14 comentários:

Adolfo Payés disse...

ese lugar es tu espacio que nos entregas unos poemas maravillosos

saludos fraternos
con mucho cariño
un abrazo inmenso

besos

Olavo disse...

Tocar violino, soprar minha voz
ainda que rouca..
Lindo poema..
Beijão

Ana Lu disse...

Aii, que lindo que vc escreveu!

Janaína Vianna disse...

"A Lua foi embora, se escondeu
como testemunha desse sentimento
que floresce a cada anoitecer."

Por isso amo os sonhos, amo a noite.
Lindo poema.
Bjks

Gleidston disse...

Tocante para ler e reler, lindissimo.
parabens!

otima noite pra voce.

bjcss

Louis Albert disse...

*+ Qndo se há encanto pelas belezas mais simples da natureza, não importa se ela vai deixar de brilhar no anoitecer, o brilho estará lá no paraiso, guardada com carinho e no desejo de rever-la novamente, estará quentinha no seu coração e quando poder ve-la, vai pular de alegria, porq só vc sabe o quanto tudo te faz bem e quero levar para sempre ...

O q vc tu escreve me inspira qndo tenho algo para te comentar e já acabo complementando, rs..

Um Bjãum!!!

Márcia(clarinha) disse...

Lindo poema/esperança.

feliz dia querida
beijos

Natasha Dias disse...

Estou tendo o privilégio de conhecer seu espaço e digo-lhe que fiquei encantada...
Parabéns tudo muito lindo por aqui!

Cαmilα ♥ disse...

O Caminho q se percorrer até lá pode ser arduo, mas vale a pena!

Beijos

Ric disse...

Flutuei...

Beijos!

Natasha Dias disse...

OIIII... estou eu aqui novamente só para agradecer seu carinho e lhe dizer que a tristeza sempre passa, ela é só uma gotinha nesse mar chamado vida, pequena demais para estragar tudo...
Um grande beijo
Obrigada

Tenha um ótimo fim de semana!!!

Cadinho RoCo disse...

A lua que vai é a mesma que volta.
Cadinho RoCo

Lu disse...

É sempre bom encontrar mais e mais poetas neste espaço virtualmente democrático. Lindos seus poemas! Dá pra notar que tem um encanto especial pela Lua, esse satélite que transmuta no céu a cada noite, tornando-o mais atraente e misterioso! Parabéns e obrigada pelo carinho!!!

Daniel Savio disse...

E tem nome esse lugar?

Pois estou precisando de um lugar assim...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.