6 de jan de 2010

Camões



╰☆╮╰☆╮╰☆╮╰☆╮╰☆╮╰☆╮
Numa prova de entrada para a Universidade...

Questão : Interpretar o seguinte trecho de poema de Camões:

"Amor é fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói e não se sente,
é um contentamento descontente,
dor que desatina sem doer".

Uma aluna deu a sua interpretação:

"Ah! Camões, se vivesses hoje em dia,
tomarias uns antipiréticos,
uns quantos analgésicos
e Prozac para a depressão.

Comprarias um computador,
consultarias a Internet
e descobririas que essas dores que sentias,
esses calores que te abrasavam,

essas mudanças de humor repentinas,
esses desatinos sem nexo,
não eram feridas de amor,
mas somente falta de sexo!"



Teve nota máxima. Foi a primeira vez, depois de mais de 500 anos, que alguém entendeu qual era a ideia de Camões... Será?

11 comentários:

Zé Carlos disse...

Esta da aluna é muito boa mesmo... Tinha que ser aprovada!!!

Garotinha ,assei para te dar meu beijo de boa noite, durma com os anjos!!!! ZC

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

É tão bom sentir o carinho de pessoas que transmitem o colo, o carinho, a amizade e a presença. Como é bom saber que sou tão querida, sabia? Nessa hora, quando a tristeza bate e tudo vai embora, as palavras são a base forte do meu consolo. Graças a Deus tudo ficou em paz, mas quero dizer que o meu querer bem, pelos amigos, aumentou gigantescamente.

O amor sempre vence!

Beijo imesno, menina linda.

Rebeca

-

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, também poderia ser algum transtorno de personalidade...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.

Olavo disse...

Rsrs perfeito.
me diverti bastante com a conclusão dela...e acho que ela esta é certa.
Beijos

Jaqueline Sales disse...

Talvez Freud dissesse que Camões regredia à fase oral, por isso tinha esses "pits" que falavam de um romantismo exagerado, mas que na verdade seria um transtorno adulto de alguém que vivia na infancia... Seja lá o que for, a aluna deu um toque especial a questão.

BeijUivoooooooooosssss da Loba

Dalva disse...

Oi, Nilza!
Ri muito com essa resposta criativa da aluna... rsrsr.

Bjs.

Gislãne disse...

tbm me diverti!:)

Sonhadora disse...

Lindo poema...adorei.

Beijinho de boa noite

Olavo disse...

Vc ja resolveu o problema com o blog??esses dias a partir de hj estou de bobeira..qq coisa grita que ajudo rs
beijão

Ausência Instável disse...

Concordo com o Zé ...
HAhahahaa ...

Ela quis dizer algo que ninguem estava te entendia ...

As mudanças principalmente!

Fátima disse...

Não sei concordo com a interpretação dessa aluna mas, confesso que é no mínimo divertida e com total ausência de compromisso com a realidade de Camões ou de qualquer poeta de plantão. Amo esse desprendimento, pois permite falar sem ter que explicar.
Muito bom!
Tenha um fim de semana.
beijos.