9 de jan de 2010

O Metrô Nosso Lotado de cada Dia


Foi Geraldo Vandré, que com seu canto nos ensinou bastante sobre a adversidade:

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...

Nessa transformação, acreditar que as flores podem vencer guerras e canhões. Apostar na paz, no respeito, na tolerância, na reciprocidade e na liberdade como indispensáveis e essenciais à dignidade humana. Acreditando num futuro. Possibilitando mudanças repensar no dever que todos nós temos de lutar com responsabilidade, Tornando a união num laço forte e intransferível.
Não estaria na hora de abrirmos os olhos para o caos que percebemos aos quatro cantos do nosso querido “ B R A S I L “ ?


2 comentários:

Daniel Savio disse...

Até podem flores vencerem ganhões, mas depende que nós a empunhemos...

E ainda é melhor um metrô lotado do que um ônibus que eu vou.

Fique com Deus, menina M. Nilza.

angela disse...

Que a situação deste pais está cada vez mais caótica, não resta duvidas.
beijos