15 de abr de 2009


Algumas pessoas entram em nossas vidas de mansinho, como aves que pisam leve, como pavão, cujas asas abrem-se lindas apesar das patas. Enchem os olhos de todos e enganam pela beleza colorida.

Quero lavar minha alma, que foi acometida por uma dessas aves. Por favor: lavem com toda pureza com ingredientes fortes, como estes que fazem sumir.

Assim, estamparei no rosto a beleza da simplicidade, do amor que sinto sem troca, o sorriso que preciso sorrir de novo.

7 comentários:

Franzé Oliveira disse...

A vida é simples, percebi lendo esses versos. Agente é q complica (risos).

Bjos menina.

Ric disse...

Muito melhor é uma simplicidade verdadeira.

Beijo.

Cαmilα ♥ disse...

Ai como preciso sorrir novamente...

BeijO

Zé Carlos disse...

Vc menina, entrou na minha vida de sopetão!!! E veio deixando marcas lindas e indeléveis.
Sinal de mulher de força. Poderosa.
Beijos querida... ZC

Olavo disse...

Tem selos e memes (se quiser fazer) lá no blog
Para você..
Abraço

Adolfo Payés disse...

Muy lindos versos..

saludos fraternos con mucho cariño
un abrazo
besos

Daniel Savio disse...

Apenas pense que um dia haverá alguém que você goste...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.