25 de abr de 2009


Nunca mais a tua face será viva
Nem os teus passos agirão como fugitivo
O tempo jamais será dado em prol de ti
A luz da tarde mostra-me os restos desse amor.
Nossas mãos não se encontrarão em nenhuma vertente.
Meus olhos só hão de avistar o que de real existir.
Porque eu amei como se vivo estivesses
Amei tua glória no palco que fizemos
Amei teu nome rabiscado e apagado
Teu suor que grudou em minha mente
Amei-te na mentira transparente
Nem tua ausência sobrou-me
Foste em mim um rosto invisível.
Fechei meus olhos em tua negação.

7 comentários:

Janaína Vianna disse...

Amei tua glória no palco que fizemos
Amei teu nome rabiscado e apagado
Teu suor que grudou em minha mente

PER-FEI-TO!!!!Obrigada pelas palavras lindas.
Bjks,
Jana

Adolfo Payés disse...

Muy bello. me quedo con tus versos..


un abrazo
saludos fraternos
que tengas un buen fin de semana

besos

Janaína Vianna disse...

Poxa, gostei muito do qu vc escreveu pra mim. Nem tenho palavras. Gosto muito do seu sobrinho, ele é uma pessoa muito especial e querida por mim. Me conquistou (vide o post de 2007,dia 17 denovembro). Eu realmente escrevo com meu coração, e com minha mente...vc me descobriu,rs
BJKS

Carol disse...

Lindo!
Adorei seu espaço!

Gostei mt do "Porque eu amei como se vivo estivesses"... sinto-e assim, as vezes em relação ao meu ex namorado!

Um beijo

Vivian disse...

...é engraçado que mesmo
quando queremos falar de
um fim de romance,
quando deixamos extravasar
a alma,
as palavras podem ficar
poéticas...

que lindo isso..
adorei

bj, bj

Princesa disse...

Amigos são jóias preciosas, realmente.
Eles nos fazem sorrir e nos encorajam para o sucesso.
Eles estão sempre ali para nos ouvir,
para nos elogiar, e estão
sempre de corações abertos para nos receber.
bjs
'MY ANGEL'

Ernani Netto disse...

Lindos versos e um amor mais bonito ainda!

Gostei do teu cantinho!

Bjaum