28 de abr de 2009


Que amor é esse que me invade?
Que balança Minh’alma de alegria?
Que amor é esse que me enlouquece,
esquece de mim, sem pesar?
Que amor é esse em desalento,
Traz em si a insônia, adormece,
Enlouquece, adentra minha carne
Resseca minha boca, retorna meus prantos?
Que amor é esse de desenganos,
boas e más lembranças, amor amigo?
Amor bandido?
Amor que arrasta e sangra a vida
Amor desconfiado, amuado.
Amor que cega e estende a mão.
Amor que invade e se perde
Nas calçadas do meu coração.

12 comentários:

Codinome Beija-Flor disse...

Amor que a gente sente, amor que a gente não entende, amor que emburrece a gente.
Amor... amor da gente.
Bjos

Simple Me disse...

Pisciana sempre sensível...
O mais puro amor misturado com a mais louca paixão!
Tá bom ou tá ruim? Se estiver acontecendo, viva-o intensamente!!!
Adorei aqui...
Beijos!

Avassaladora disse...

Amiga, que amor é esse?

Ah, se soubessemos lidar com esse amor...
Ele chega e inunda tudo... como um rio bravo, fora de seu leito...

Felicidades! Vivca simplesmente!

Beijos e carinhos!

Adolfo Payés disse...

Que bellos versos. mientras el amor es todo lo serás en mi por siempre..

saludos fraternos
con mucho cariño
un abrazo

besos

paula barros disse...

Olá Nilza, que boa visita.

Esses amores, sempre eles para nos fazer sentir e escrever, divinamente, mesmo que incompreensível sejam.

abraços

Ric disse...

É um amor danado de arretado!!

Beijos.

Daniel Savio disse...

É um amor que merece ser vivido...

Fique com Deus, menina M Nilza.
Um abraço.

Olavo disse...

Lindo poema.
Como queria saber que amor é esse..
bjs

Simple Me disse...

Apenas respondendo teu comentário no meu post: piscianas se reconhecem de longe!!! rs
Obrigada pela visita, volte sempre! Espero que goste do meu humilde cantinho...
Beijos!

Louis Albert disse...

*- Qnta ternura, e beleza, se faz transparente no que deseja, visiveis se faz tua calma, e se insivel faço a sua dor.

Sonho lindo, um amor que vivi foi pensando em ti,
Querer eu quis, você.
Sonho lindo que sonhei em tê-la aqui perto de mim,
Foi com medo que você me amou,
Tua sintonia foi como um anjo que chegou sem avisar,
Um anjo que soube me tratar bem,
Sonho lindo realizado, um beijo roubado,
Um amor compreendido e um coração conquistado,
Palavras doces e um coração tão puro quanto a sua alma,
Foi por você que eu me apaixonei.

Luiz Alberto.

Bjaummm!!

Menino Poeta disse...

falar do amor é uma honra minha!!! e uma alegria, por saber que existem outros loukkos como eu q exprimem esse sentimento tão belo.

Márcia(clarinha) disse...

Que amor é esse?
Amor minha querida.

lindo dia
beijos