20 de abr de 2009

A ti

Aconchega-te na vida como se fosse teu único e último lar. Rendo-me a ti vencedor das dores, das horas amargas. Declamo a ti a melhor das poesias e doçuras das palavras. Pelo que és. Diante da bravura com que lutas pelo brilho do sol. Num amanhecer que rega seus dias sob comando da esperança Ainda que a expressão seja de dor que a noite esconde

Em teu corpo já não se vejam os músculos
que te cobriam em tempos de ouro
tuas pernas vacilantes procuram a bola invisível
num campo, hoje, minado sobre o verde de outrora.
Resta-me de ti o olhar claro suplicante
O amor que sempre compôs nosso cenário
A certeza de sempre nos reencontrarmos
Nos cruzamentos de alguma vida e por amor eterno.

9 comentários:

Eu e a solidão disse...

E belo blog o teu...Parabéns

E com certeza o tempo é pra mim um grande vilão...


Beijos!!

Adolfo Payés disse...

Wow maravilloso amor eterno nos entregas. excelente sentimiento que comparto.

saludos fraternos con mucho cariño
un abrazo inmenso

besos

Louis Albert disse...

“A poesia é a alma de quem canta,
na língua dos poetas perdidos e líricos,
nas inquietudes das idades idas.
Expectativas dos amores vindos.
Nesta recusa de falar das tristezas.
Sou sem disfarce, na entrega dando
de mim tudo ao que acredito.
Delírios de sentir e amar
num sonho perpétuo, eterno, sem fim.”

Isso responde, sobre seu texto lindo ... Né?
adorei como sub escreveu as palavras ...

Intensa ...!!!

Bjão

Zé Carlos disse...

Um beijão menina MNilza, parabéns pelo lindo post e pelo template novo.

Bjs do ZC

Daniel Savio disse...

Um amor companheiro é belo, principalmente quando falado em tão belos versos...

Fique com Deus, menina M. Nilza.
Um abraço.

Olavo disse...

Muito bonito..inspira a viver momentos bons e verdadeiros..
Beijos

Cαmilα ♥ disse...

"A certeza de sempre nos reencontrarmos
Nos cruzamentos de alguma vida e por amor eterno"

Que assim seja, sempre e para sempre

BeijOs

. fina flor . disse...

querida, que coisa isso de aconchegar na vida como se fosse o último lar ;o)

beijos e boa semana

MM.

citadinokane disse...

Ei Nilza!
É amor eterno, mesmo!
Ótimo!
beijos